09/10/2019

Dois postos de Osasco são suspeitos de “golpe da bomba”

Dois postos de combustíveis de Osasco, ambos na Vila Quitaúna, tiveram irregularidades constadas durante fiscalização da operação “Olhos de Lince”, do Ipem (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo).

Eles são suspeitos de praticar o “golpe da bomba”. Os fiscais encontraram indícios de adulteração, nos componentes do equipamento, que faziam com que o volume de álcool ou gasolina que entrava no tanque dos veículos fosse menor que o indicado no painel da bomba.

Confira a matéria completa do site Web Diário aqui!