03/10/2018

Próximo governo terá de enfrentar desafios do setor

Valor Econômico

O próximo presidente da República terá de enfrentar grandes desafios no setor de petróleo e gás. As incertezas em relação ao futuro da política de preços da Petrobras, do índice de conteúdo local, dos leilões do pré-sal preocupam especialistas, que consideram que o segmento de energia deveria ter propostas mais aprofundadas nas campanhas eleitorais.

A Arena Valor do Conhecimento, evento paralelo à Rio Oil & Gas, realizado na semana passada, convidou especialistas do setor de energia para uma avaliação das plataformas dos presidenciáveis no segmento de petróleo e gás. Para o professor Edmar de Almeida, do Grupo de Economia da Energia (GEE) do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), o programa liberal de Jair Bolsonaro (PSL) parece ser um dos que se aproxima das políticas adotadas no setor pelo governo Temer, representando, assim, “um certo continuísmo, mas com um liberalismo mais cru, sem agenda de sofisticação”.

Confira a matéria completa aqui!